28 C
Luanda
Fevereiro 20, 2024
Portal dos Mutualistas
AtualidadeSeguros

Seguro automóvel no Reino Unido atinge preço recorde

O preço do seguro automóvel no Reino Unido atingiu o nível mais alto de sempre, com um aumento de 40% em relação ao ano anterior, uma pressão financeira adicional para os proprietários de veículos.

Segundo o índice da Confused.com e da Willis Towers Watson (WTW), no segundo trimestre deste ano, os condutores britânicos receberam uma cotação média de 776 libras para apólices de seguro, o que representa um aumento de 40% em relação ao ano anterior. O valor supera o pico anterior registado em 2011, tornando-se o mais alto desde que os dados começaram a ser reunidos em 2006.

A tendência para o aumento dos preços do seguro automóvel tem  preocupado consumidores e especialistas. O aumento significativo é atribuído à inflação no valor das indemnizações por acidentes, a refletir o aumento dos custos de mão- de-obra, peças automotivas e veículos de substituição. O roubo de veículos e os tempos de reparação também contribuíram para o aumento dos custos.

Tim Rourke, Diretor de Preços, Produtos, Sinistros e Subscrição de P&C (Propriedade e Sinistros) da WTW no Reino Unido, afirmou que as seguradoras estão a ter de lidar com um “cocktail de custos crescentes”, incluindo o aumento do roubo de veículos e os longos tempos de reparação, que estão “a empurrar os custos para cima das receitas dos prémios e a forçar as seguradoras a tentar recuperar o atraso aumentando os preços“.

Os especialistas preveem que os preços de seguro automóvel continuarão a subir nos próximos anos, com uma previsão recente a indicar que a estabilização só ocorrerá em 2025. As seguradoras automóveis do Reino Unido enfrentam um desafio para equilibrar os custos crescentes e garantir preços competitivos para os clientes.

Fonte: Eco Seguro

Related posts

Governo empenhado na criação do Seguro agrícola

portal_mutualista

Deputados defendem proibição da banca exercer actividades de seguros 

Mutualistas

Fundos de Pensões

portal_mutualista

Deixe um comentário