21.5 C
Luanda
Julho 20, 2024
Portal dos Mutualistas
Associações Mutualistas

RANKING DOS 20 MAIORES FUNDOS DE PENSÕES DO MUNDO EM 2023

Os 300 maiores fundos de pensões do mundo registaram uma queda nos ativos pela primeira vez desde 2018. Este declínio está a par do observado em 2008, ocorrendo a um ritmo que só ocorreu duas vezes nos vinte anos de história deste estudo anual realizado pelo Thinking Ahead Institute da empresa de consultoria WTW, em colaboração com a Pensions & Investments.

O estudo destaca tendências de alto nível no setor dos fundos de pensões e fornece informações sobre a evolução da composição da lista dos 300 maiores fundos de pensões do mundo, as suas características e alocações.

No final de 2022, os ativos combinados dos 300 maiores fundos de pensões do mundo diminuíram 12,9%, atingindo um total de 20,6 biliões de dólares face aos 23,6 biliões de dólares registados no fim de 2021.Tal representa uma correção acentuada em comparação com o aumento de 8,9% dos ativos sob gestão pelos 300 maiores fundos de pensões no ano anterior. A última queda é também mais rápida do que a queda anual de 12,6% registada em 2008, na altura da crise financeira mundial. Até agora, este tinha sido o declínio anual mais rápido registado nos 20 anos do estudo.

Os fundos de pensões do Reino Unido e do Japão são os que mais caem

Reino Unido e o Japão registaram o maior número de quedas de fundos de pensões entre os 300 maiores do mundo. A crise no Reino Unido de setembro de 2022 e a consequente instabilidade do mercado foram fatores importantes, assim como a crescente mudança de planos de prestação definida para planos mais pequenos de contribuição definida.

Em 2022, os fundos de pensões soberanos e do setor público ocupavam 152 lugares no Top 300, representando 70,9% do total de ativos. Os fundos soberanos totalizaram 6,2 biliões de dólares em ativos, enquanto os fundos soberanos ou Wealth funds (SWF) totalizaram 11,6 biliões de dólares. Os ativos dos fundos soberanos cresceram 13,9% durante 2022, em comparação com a queda de 10,6% dos fundos de pensões soberanos incluídos no estudo Top 300 do Thinking Ahead Institute.

Em comparação com todos os fundos de pensões de qualquer tamanho, os 300 maiores fundos de pensões do mundo agora representam 43% dos ativos de pensões globais (face aos 41,1% de 2021), de acordo com o estudo anual Global Pension Assets do Thinking Ahead Institute, que analisa os ativos globais de fundos de pensões nos 22 principais mercados de pensões.

Os fundos de pensões da Ásia-Pacífico superam os europeus

Por região, a América do Norte representa atualmente 45,6% dos ativos dos 300 maiores fundos de pensões do mundo, enquanto os fundos de pensões europeus representam 24,1% e os da Ásia-Pacífico representam 26,4%.

Quanto aos maiores, os ativos dos 20 maiores fundos de pensões diminuíram 11,8% no último ano, uma ligeira melhoria face à queda de 12,9% observada no conjunto dos 300 maiores fundos. Os 20 maiores fundos representaram 41,5% dos ativos sob gestão do ranking, ligeiramente acima da quota de 2021, que era de 41%.

O Fundo de Investimento de Pensões do Governo do Japão (GPIF) continua a ser o maior fundo de pensões, liderando a tabela com um património líquido de 1,4 biliões de dólares. Ocupa o primeiro lugar desde 2002. Por sua vez, o Indian Employees’ Provident Fund entra como o único novo participante entre os 20 principais fundos de 2022.

Ranking dos 20 maiores fundos de pensões do mundo em 2023

LugarFundoMercadoAtivos Totais (dólares)
1.Government Pension InvestmentJapão1,44 biliões
2.Government Pension FundNoruega1,30 biliões
3.National PensionCoreia do Sul706.496 milhões
4.Federal Retirement ThriftEstados Unidos689.858 milhões
5.ABPPaíses Baixos490.382 milhões
6.California Public EmployeesEstados Unidos432.235 milhões
7.Canada PensionCanadá420.764 milhões
8.Central Provident FundSingapura406.711 milhões
9.National Social SecurityChina347.214 milhões
10.California State TeachersEstados Unidos290.384 milhões
11.New York State CommonEstados Unidos233.227 milhões
12.PFZWPaíses Baixos231.781 milhões
13.New York City RetirementEstados Unidos228.170 milhões
14.Employees Provident FundMalásia227.781 milhões
15.Local Government OfficialsJapão207.145 milhões
16.Florida State BoardEstados Unidos183.092 milhões
17.Ontario TeachersCanadá182.410 milhões
18.AustralianSuperAustrália176.446 milhões
19.Texas TeachersEstados Unidos173.277 milhões
20.Employees’ ProvidentÍndia158.722 milhões

Fonte: FundoPeople

Related posts

Adiada Assembleia-Geral dos mutualistas do MAPTSS

portal_mutualista

União das Mutualidades Portuguesas marcou presença na 5.ª Assembleia Geral Ordinária Anual da União Mundial das Mutualidades

portal_mutualista

Deixe um comentário