28 C
Luanda
Maio 20, 2024
Portal dos Mutualistas
Seguros

Viva Seguros quer fomentar cultura de seguros em Angola

O administrador executivo da Viva Seguros, Nelson Rocha, fez saber que as operações estão a ser bem desenvolvidas, tendo já recrutado e formado mais de 50 recém-licenciados.

A Viva Seguros, que opera no mercado angolano desde 2022, quer massificar a literacia financeira, com propósito de estimular o crescimento do nível de cultura de seguros no país, anunciou o administrador executivo da instituição, Nelson Rocha.

Em declarações à FORBES ÁFRICA LUSÓFONA, o administrador executivo da Viva Seguros, Nelson Rocha, fez saber que as operações estão a ser bem desenvolvidas, tendo já recrutado e formado mais de 50 recém-licenciados.

“Pela carteira que pretendemos ter, queremos, naturalmente, atingir o top 5 de seguradoras em Angola num curto espaço de tempo. O que nós já fizemos é significativo, mas ainda não estamos satisfeitos”, sublinhou.

Inicialmente, segundo o responsável, a seguradora fez um investimento para ter uma licença e, posteriormente, começou a apostar nas pessoas para consolidar a sua visão sobre o seguro no país, contribuindo com os agentes económicos.

“Ainda é prematuro falar sobre o estado actual da carteira de investimento, nós preferimos olhar para o negócio, olhar para o desenvolvimento das pessoas e acreditamos que até no final do ano vamos ter bons resultados”, referiu optimista.

De acordo ainda com Nelson Rocha, a Viva Seguros fez um investimento na parte tecnológica. “É verdade que algum investimento é por parceria, porém estamos muito atentos nesta área”, referiu.

Quanto ao ambiente de negócio que se verifica actualmente em Angola, o administrador executivo da Viva Seguros ressaltou que ainda não satisfaz, principalmente agora com a subida da taxa de câmbio.

“Estamos num período crítico, mas não podemos abandonar o barco, porque estamos comprometidos com o desenvolvimento do sector dos seguros”, precisou Nelson Rocha, à margem da  38ª edição da Feira Internacional de Luanda (FILDA). 

Fonte: Economia e Finanças

Related posts

Receitas das seguradoras deverão ter “crescimento modesto” para 12 mil milhões de euros em 2024

Mutualistas

Nossa investe 58 milhões de kwanzas em produto

portal_mutualista

Seguro multirriscos: Saiba como funciona o seguro que protege a casa

portal_mutualista

Deixe um comentário