25.8 C
Luanda
Junho 24, 2024
Portal dos Mutualistas
AtualidadeEconomia

Fundo de Garantia de Crédito quer apoiar estudantes interessados empreender

Uma delegação do Fundo de Garantia de Crédito está desde a última quinta-feira, a trabalhar nas províncias da região centro e sul do país, a procura de Estudantes universitários interessados no mundo do empreendedorismo.

O Administrador para a área de Negócios do Fundo de Garantia de Crédito, Eduardo Katalahari Mohamed, que chefia a delegação, trabalhou na sexta-feira na província da Huila, onde reuniu com a comunidade académica local para analisar a implementação do projecto de Empoderamento Académico e  Integração Sócio-económico dos estudantes.

O referido projecto, afirmou o responsável, encontra-se na fase inicial de implementação.

Depois da Huíla, a Delegação rumou para o Namibe e Huambo, com vista a analisar com as universidades públicas locais a implementação do projecto.

 de Empoderamento Académico e Integração Socio-económica dos Estudantes, cuja iniciativa encontra-se em fase de concepção.

Eduardo Mohamed referiu, na Huíla, que o Fundo de Garantia de Crédito foi criado pelo Governo para facilitar o acesso ao crédito, através  de títulos de garantias públicas, à classe estudantil dos cursos técnicos que pretendem enveredar Pelo empreendedorismo.

Agronomia, pecuária, processamento de pescados, zotecnia, engenharia agronómica e ambiental, são as áreas de maior incidência do projecto, para promover a produção de alimentos.

A iniciativa, que se insere na Política de Responsabilidade Social e Ambiental do FGC, inclui igualmente incentivo à criação de cooperativas constituídas por jovens, atraves da garantia pública para obter financiamento dos respectivos projectos junto da banca comercial.

Numa primeira fase, foram selecionadas quatro universidades, nomeadamente Universidades Mandume Ya Ndemufayo (Huíla), Universidade do Namibe (UNINBE), Universidade José Eduardo dos Santos Huambo e Universidade Njinga Mbandi (Malanje), que irão constar do projecto piloto através da indicação dos melhores estudantes recém-formados.

Related posts

Nossa investe 58 milhões de kwanzas em produto

portal_mutualista

Adiada Assembleia-Geral dos mutualistas do MAPTSS

portal_mutualista

Angola e Banco Mundial assinam acordo para seguros agrícolas

portal_mutualista

Deixe um comentário