26 C
Luanda
Maio 25, 2024
Portal dos Mutualistas
Seguros

Seguradoras querem fundo de risco para sector da agricultura em Angola

Por: Joaquim Afonso

As seguradoras que operam em Angola querem a implementação do seguro para o sector da agricultura, de forma a assegurar as culturas dos agricultores.
O administrador da Aliança Seguros, Marcos Mendes, defende que os riscos do sector devem ser partilhados entre o Estado e as seguradoras.
Segundo o responsável, deve-se criar um fundo que deve estar ou não ligado ao governo.
“Para eu proteger uma colheita, eu devo ter informação sobre aquele tipo de solo, naquela região. Se há uma variação ou os níveis de precipitação acima da média, nós temos de ter esse alerta por parte do INAMET”, clarificou.
Entretanto, a seguradora Sanlam já tem uma linha de seguros para o sector agrícola, assinado mediante um acordo com o UIFC, do Banco Mundial.
O Director executivo da para o desenvolvimento de negócios da Sanlam Agri, Henrique Raimundo, disse que já um trabalho está a ser feito para segurar as culturas dos camponeses.
Defende, no entanto a criação de infraestrutura capazes de dar resposta às necessidades dos agricultores, permitindo -lhes assegurar os seus produtos antes da campanha agrícola.
A melhor via, segundo Henrique Raimundo, é que o façam de forma colectiva, organizados em cooperativas.
Coordenadas geográficas e titularidade do espaço, o custo global da cultura agrícola e contactos são os principais requisitos exigidos para adesão ao seguro agrícola.

Related posts

Seguro automóvel no Reino Unido atinge preço recorde

portal_mutualista

Governo empenhado na criação do Seguro agrícola

portal_mutualista

Empresas de Seguros cobraram 484 milhões de euros em Imposto do Selo

Mutualistas

Deixe um comentário